Pages

Subscribe:

sábado, 23 de abril de 2011

A segurança do Império: Obama busca impor uma internet de baixo controle com identificação obrigatória!


Reproduzo aqui excelente matéria do sítio contrainjerencia, onde nos deparamos com a mais nova lógica dos Eua na busca, senão do controle, ou na criação de um poderoso filtro de identificação para aqueles que buscam na web, não então somente a realização de suas necessidades transacionais financeiras online, mas notícias que não saem na "grande imprensa", cujo Dna, nasceu com os Rotschield na ocasião da Reuters-inicialmente uma espécie de espia de detecção de rumos de mercado-e, em seguida super filtro de fatos diversos não então somente de âmbito financeiro.
Pois bem, vamos aos fatos. Muitos falam dos planos que os Eua tem para este ano na seara da Internet. Com um nome estranho o projeto é chamado de "cidadão Cibernético" ou coisa parecida. Na verdade é uma espécie, como disse anteriormente, de filtro que identificará quem está acessando a internet, algo bem diferente do que ocorre hoje com o sistema existente. O presidente Obama lideraria tal ideia e que seria aprovada este ano para ser colocada em prática no início do ano que vem. O que seria: Um sitema de identificação para entrar na Internet com o pretexto de solucionar problemas de segurança, porém com uma contrapartida óbvia e gravíssima: para começar, retirando o direito ao caráter privado de cada cidadão, que busca tal expediente.
Este programa nasceu de uma ideia lançada no ano passado como uma espécie de solução para o roubo de identidades online mediante o qual cada cidadão deveria ter um sistema de identificação idêntico ao nacional, tal sistema permitiria ao governo, por certo, identificar cada cidadão por uma espécie de "porta traseira".
Este sistema serviria ao departamento de governo dos Eua supondo-se que protegeria a informação de cada cidadão na rede. Um método que não necessitaria de contrasenhas de identificação, mas sim de um suporte físico individual, uma espécie de tarjeta inteligente( poderia ser um dispositivo físico pequeno via Smartphone) como aqueles que permitem acessar grande quantidade de dados pessoais.
Em certas situações já existem várias empresas que têm,ou estão criando, dispositivos que poderiam converterem-se em Sistemas de Identificação. A Siemens está desenvolvendo um sitema híbrido de tarjeta inteligente com capacidade para reconhecer os dígitos, métodos que se aceitaria para aprovação em transações online.
Desde a "Casa Branca" , até o presidente Obama falam bem do projeto!
Com transações em linha " mais confiáveis" e com melhor proteção da privacidade evitaremoas gastos elevados com delitos, renovaremos a confiança nas empresas e nos consumidores e impulsionaremos o crescimento e a inovação. É por isso que essa inciativa é tão importante para nossa Economia. O consumidor pode usar a sua credencial para ingressar em qualquer site da web, com a maior segurança do que prevêem as chaves de acesso. Os consumidores poderão usar suas credenciais para provar suas identidades quando estiverem realizando transações delicadas, como as financeiras e podem manterem-se anônimas. A internet tem trazido novos desafios como fraudes em linhas e roubo de identidade que lesam os consumidores e custam milhões por ano.
Os Eua vendem o programa afirmando que não existirá centralização nem registros de outras preocupações, que não sejam as relevantes e que ensejam tal tipo de expediente. Você acredita nisso?! ____ Nem eu!
Se aprovado o NISTIC, nome do sistema, ele traria, ou trará, uma série de polêmicas. Estamos diante sim, de uma tentativa sórdida do governo imperialista de insistir em manter a velha, e já desnudada, pauta única tão bem asenhorada pelas UPI, AP,REUTERS,... O que parece ocorrer com essa preocupação dos Eua em "resguardar os direitos de liberdade dos cidadãos" é mais uma falácia maquiavélica que não possui outro propósito, senão o de invadir a privacidade de pessoas principalmente de profissionais da área de informação, como o caso recente do wikileaks, que presta , até que se prove o contrário,grande serviço a humanidade divulgando dados e detalhes que,não sairiam ,ou não saem na mídia controlada por esses falsos democratas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.