Pages

Subscribe:

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Solidários com os 5 Cubanos unem forças em Washington/DC


Imagem: crédito PCB

Durante 5 dias em Washington/DC, pessoas dos Estados Unidos, Canadá e Europa pedem ao Presidente Obama que escute a demanda da comunidade internacional e liberte imediatamente os 5 Cubanos. As ações iniciadas pelo Comitê Internacional pela Liberdade dos 5 Cubanos foram respaldadas por 272 organizações e mais de 2000 pessoas de todo o mundo.

Durante o primeiro e segundo dias, 25 amigos desta causa visitaram os escritórios de 12 dos 100 senadores e 14 congressistas, levando até eles a questão dos Cinco. O esforço de lobby destes dois dias, marca a primeira vez que este caso foi levado ao Capitólio. O elevado número de respostas à solicitação de encontros é um símbolo muito positivo para os que lutam pela causa dos Cinco.

Louis Wolf, de Washington, disse que "realizar lobby no congresso sobre os 5 Cubanos e qualquer outra questão relacionada com Cuba é definitivamente um desafio. Um assessor com muita experiência trabalhando para um senador nos disse ontem que 'a política dos EUA para Cuba está estancada na Idade Média'; nos demos conta de que há muitas pessoas no Capitólio que não estão de acordo com a atual política dos EUA para Cuba".

Katrien Demuynck, coordenadora europeia da campanha pela liberdade dos Cinco, é portadora de uma carta assinada por dois senadores da Bélgica e cinco membros da Câmara pedindo aos seus colegas dos EUA intervir para que o Presidente Obama resolva o caso dos Cinco. "Me senti felizmente surpreendida com a resposta à carta. Devemos buscar o mesmo tipo de iniciativas dos parlamentos de outros países europeus" disse Demuynck. No final dos dois dias, o entusiasmo cresceu para continuar a campanha mundial pela libertação dos 5 Cubanos.


Pela tarde se realizou a apresentação do jornalista canadense Sephen Kimber, autor de um novo livro sobre os Cinco O que se encontra através da Água, que será publicado nos próximos meses. Arturo López-Levy, cubano-americano, professor da Universidade de Denver, realizou comentários sobre o caso. O evento foi organizado por Wayne Smith, ex-chefe da Seção de Interesses dos Estados Unidos em Cuba durante o mandato de Carter. Kimber surpreendeu ao público com uma série de fatos novos sobre o caso. Os assistentes lograram uma melhor compreensão sobre a injustiça cometida contra os 5 Cubanos.

Pela noite, o documentário Por favor se coloque de Pé o Verdadeiro Terrorista foi exibida no Centro Cultural de Nyumburu, da Universid de Maryland. Durante um evento em outra sala da mesma universidade, Ángela Davis, ativista política, escritora e acadêmica, chamou as pessoas a participarem nos próximos dias de atividades em favor dos Cinco.

Fonte: www.thecuban5.org

Tradução: PCB – Partido Comunista Brasileiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.