Pages

Subscribe:

segunda-feira, 30 de abril de 2012


E os  bons  exemplos, nitidamente  de viés socialista,  vem mais uma vez da vizinha Venezuela.  É a revolução Bolivariana que está em curso naquele país.   Entrementes a grande mídia do país  vocifera   contrária a tais tipos de expedientes.   Tornar-se claro e óbvio que não poderia ser diferente.

O grande capital, em seus mais diversos e poderosos tentáculos se vê desnudado.  A velocidade como esse fenômeno vem ocorrendo  está deixando os  lacaios  e seus suseranos, lotados nos Eua a perderem o sono.


Algo impressionante  está em curso na Venezuela.  Obama  sabe que  este será mais um de seus  desígnios, e não será   dos pequenos.


A aproximação do DIA DO TRABALHADOR,  neste 1° de Maio,  terá grande repercussão em todo o mundo e, em especial,  na Venezuela de Hugo Chávez   que  vem provocando  e fomentando importantes debates, em  diversas regiões do país, sobre  a  verdadeira caracterização que envolve as diferenças entre  as Técnicas ou Meios de Produção e Modos de Produção.         Tais  questões, em sociedade  dominadas e governadas por sagazes representantes da burguesia  “nativa “ e “externa”, são praticamente impossíveis.  



Cada vez mais  o povo venezuelano se  atrai e adota   mecanismos democráticos para discussão de  questões e temas relacionados ao seu cotidiano e futuro.  É, algo realmente assustador, diria  aquele burguês que “enriquecera-se” fulminantemente  antes do governo Chavista..  (.. ) .. está em curso.  (.....)   é um mecanismo incompreensível, diria outro,  mas que está, de fato, convencendo as massas e fazendo-as  enxergar o que antes  jamais imaginariam existir e , sequer  experimentar na prática.

***********************************************************************************************************



Caracas-  Trabalhadores de vários estados venezuelanos chegaram hoje a esta capital na conclusão de uma marcha a mais de 100 quilômetros para respaldar a nova lei trabalhista, que se prevê promulgar nas próximas horas.

  Os camponeses e operários partiram no sábado último do estado de Carabobo e chegaram a Miranda ontem, para continuar depois para Caracas, onde se somarão às celebrações pelo 1 de maio, Dia dos Trabalhadores.

 Durante o percurso, o deputado do Partido Socialista Unido de Venezuela e líder camponês Braulio Álvarez destacou que a Lei Orgânica do Trabalho devolverá a quem trabalha os direitos e conquistas despojados por administrações precedentes.

 Segundo o presidente da Comissão Permanente de Desenvolvimento Social Integral da Assembleia Nacional, Oswaldo Lado, a legislação tem sido o instrumento jurídico mais debatido pelo povo depois da Constituição vigente.

 Em declarações à rede privada Televen, o parlamentar assegurou que para a discussão dessa Lei foram realizadas mais de mil 200 assembleias em todo o país.

 No sábado passado, o presidente Hugo Chávez reiterou que a nova normativa "é um exemplo de como se deve governar obedecendo ao povo".

 Também em dias recentes fez referência, mediante sua conta na rede social Twitter @chavezcandanga, à aprovação da permissão pré-natal de seis semanas e o pós-natal de 20, incluídos nessa legislação.

Fonte: Prensa Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.