Pages

Subscribe:

sábado, 2 de abril de 2011

Bolsonaro diz que tem imunidade para roubar !



Brizola Neto

Estou preparando uma nova representação contra o Deputado Jair Bolsonaro.
Ele perdeu as condições de ser respeitado como parlamentar.
Se não bastassem as declarações racistas e homofóbicas, hoje, ao atacar o programa antidiscriminação desenvolvido pelo Ministério da Educação – um projeto que recebeu, inclusive, elogios da Unesco – Bolsonaro foi acima e além do que pode ser aceito pelo decoro parlamentar.

“Eu tenho imunidade para falar ou para roubar”, disse ele.
O senhor Bolsonaro tornou-se uma desmoralização para a Câmara. E seu comportamento está estimulando os grupos nazistóides, como o que invadiu o site da apresentadora e cantora Preta Gil, cuja pergunta sobre negros detonou a ira do deputado.
Os outros 512 deputados não podem aceitar que um parlamentar saia por aí dizendo que nossa imunidade parlamentar é “para roubar”.
Se ele acha que é para isso, não tem o direito de tê-la.
PS – A propósito: a repercussão do caso é tanta que UNESCO defendeu nesta quinta, via Twitter, apuração de denúncias de homofobia e racismo feitas contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), e reafirmou compromisso com valores de tolerância, respeito à diversidade e aos direitos humanos.

Por Brizola Neto - Tijolaço- 31.03.2011

Mais sobre o caso:
Depois das desastrosas e inaceitáveis declarações de Bolsonaro, vários jornalistas de diferentes matizes ideológicas, condenaram o deputado assim como vários blogs, estes sim, progressistas: Luis Nassif- Márcia brasileira do Brasil que eu quero, ...
Ao que parece a velha direita, que vem perdendo espaços por toda a América Latina, repentinamemte surge com sua verdadeira essência através de notáveis representantes como o cidadão mencionado. É impressionante como grande parcela da sociedade brasileira não se atém, a determinados preceitos e valores, quando participa de eleições para a escolha de seus representantes estejam eles no parlamento ou no Executivo. Isso me faz reportar a Titular das Madres da praça de maio-entidade que luta na defesa dos direitos humanos-na Argentina quando afirmou: " A morte de nossos filhos vitimados pelo nazifascismo e seu modelo econômico, será vingado no dia em que não haverá mais nenhuma criança se humilhando pela ruas pedindo esmolas ou carregando drogas em suas bolsas.(..) esse dia, quando não existirá mais crianças assim, teremos vingado o sangue de nossos filhos que se foram".


------------------------------------------------------------

Um comentário:

Anônimo disse...

O Bolsonaro é um exemplo da escória que muita gente sem senso e alienada acaba elegendo, e que depois faz e fala besteiras como ele fez e falou.

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.