Pages

Subscribe:

terça-feira, 29 de março de 2011

Padre Nazista que rezava missa na Argentina foi desmascarado! Ele era um "daqueles" que abençoava os "voos da morte" na ditadura- "ditabranda"- para a Folha, daquele país !!




O padre Alberto Angel Zanchetta, que durante o ano de 2009 se aposentou como capitão de fragata e capelão da Marinha, é acusado de ter abençoado os voos da morte por meio dos quais presos políticos e desaparecidos eram lançados no mar durante a última ditadura argentina.
No último domingo, Zanchetta, foi denunciado por jovens militantes peronistas e por familiares dos desaparecidos, enquanto rezava missa em uma paróquia de Buenos Aires. Os moradores da região pediram sua remoção imediata da paróquia. ( a fonte original e do La jornada ). A interessante matéria prossegue informando alguns detalhes sobre o "santo padre" que abençoava os nazistas da "ditabranda" argentina de 1976 a 1983. A notável matéria ainda diz que Zanchetta serviu na Escola Mecânica da Armada ( ESMA) considerado o maior centro clandestino de detenção da "ditabranda" onde desapareceram cerca de,atente para a insignificante cifra, 5 mil pessoas. A cúpula da Igreja Católica da Argentina o protegia transferindo-o e ou removendo-o na esperança da sociedade cair no esquecimento. Obs- Isso me faz lembrar de um filme chamado VISÕES-notável produção que retrata os assassinatos cometidos por esses nazistas- onde aparece, em certa parte do filme, um desses " voos da morte ". A matéria completa voçê poderá ver também em Carta Maior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.