Pages

Subscribe:

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Denunciam cerco midiático contra a Revolução Bolivariana

Venezuela - TeleSur -  Direto da mobilização que vai da Plaza Venezuela ao Palácio de Miraflores, o ministro do Turismo, Andrés Izarra, rechaçou os ataques de canais de notícias internacionais contra a Revolução Bolivariana, a manipulação e o cerco midiático contra o Governo legitimamente eleito.

 O ministro de Turismo, Andrés Izarra, denunciou nesta terça-feira que existe um cerco midiático contra a Revolução Bolivariana por parte da mídia internacional que atua contra o projeto socialista que se gere na América Latina.


"Temos visto meios de distintos países divulgando fotos que foram tiradas no Egito ou na Síria, reproduzidas como se fossem na Venezuela", argumentou.

Qualificou como lamentável o papel que tem desempenhado o canal de notícias CNN en español, "em mãos da gusanera 'miameira' que está em Atlanta", contra o Governo venezuelano.

"Outro canal que desde a Colômbia (NTN24), avalizado por Álvaro Uribe, propicia ações de rebelião no país. Aqui seguimos convencidos de construir a nação em paz para seguir adiante", disse.

"A Venezuela está construindo sua democracia em paz. Não temos que sofrer os estragos dos grupos fascistas que têm enlutado a pátria nestes dias", expressou o ministro, que também foi titular do ministério de Comunicação e Informação.

O país se viu submetido, detalhou, a constantes ataques ao patrimônio do Estado, como os atentados contra o Metrô de Caracas e atos vandálicos contra instituições públicas.


Fonte: Diario Liberdade  -Tradução de Eduardo Vasco para o Diário Liberdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.