Pages

Subscribe:

sábado, 18 de maio de 2013

Obama e Erdogan: "Assad deve renunciar".



O presidente dos EUA, Barack Obama  se reuniu, quinta-feira, com o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan. Ambos discutiram a  crise síria.

Os dois líderes disseram que "acordaram" que o presidente sírio, Bashar al-Assad "deve" renunciar.


Obama e Erdogan   reuniram-se em Washington para discutir os esforços, que se  desenvolvem  internacionalmente,  para que o governo e a oposição  da Síria se reúnam  numa conferência internacional no próximo mês.

"Nós concordamos que Assad deve sair.  Ele tem que transferir o poder para uma espécie  órgão de transição ", observou o presidente dos EUA  Obama depois de se reunir com o representante turco  Recep Tayyip Erdogan.

Por sua parte , Erdogan disse que  o governo turco divide com os EUA o “mesmo ponto de vista”  sobre essa questão .  Ele ainda  acrescentou que houve um "acordo total" sobre a necessidade de "acabar com o derramamento de sangue e estabelecer um novo governo."

Entretanto,  a Turquia continua a ser a principal base de apoio aos grupos terroristas sírios e estrangeiros que operam no país árabe.


 A Cia  americana acredita, com base em relatórios   recentes, que  se Assad disputar as eleições presidenciais de  2014, poderá  obter 75%  dos votos.

A maioria  dos sírios consideram Assad  um símbolo da independência da Síria e não parecem  dispostos  a se submeterem aos interesses dos EUA  que desejam derrubá-lo.

Fonte:    site Almanar  tradução   do  blog


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.