Pages

Subscribe:

quinta-feira, 17 de maio de 2012

América Latina é o continente do futuro, segundo presidente uruguaio


Caracas- América Latina é hoje o continente do futuro e aqui se decidirá o futuro da humanidade, afirmou o presidente do Uruguai, José "Pepe" Mujica, em declarações transmitidas pelo canal Venezolana de Televisión.

  O mandatário uruguaio falou desse e de outros temas durante uma entrevista em sua residência de Montevidéu com o jornalista Mario Silva, apresentador do programa La Hojilla (A Navalha), que transmite diariamente essa televisora estatal venezuelana.

Mujica aludiu à crise econômica que afeta os Estados Unidos e países europeus, e considerou que "os latino-americanos não andamos tão mal como estávamos acostumado" em situações como esta, ainda que - sentenciou - "vamos ter que enfrentar algumas últimas chicotadas".

Em suas declarações, enfatizou a necessidade da massificação da cultura e o conhecimento como requisito indispensável para construir sociedades melhores.

Em relação a isso, afirmou que não nos podemos permitir o luxo de fracassar no econômico e considerou que o grande desafio é substituir o esquema econômico capitalista.

Referiu-se aos países latino-americanos que tratam de melhorar as condições de vida de seus povos e disse que existem entre eles enormes coincidências, mas ninguém tem a receita absoluta para construir uma sociedade mais justa.


No entanto, como chegamos tarde, quando já na Europa e outras regiões já estavam desenvolvidos e industrializados, temos a vantagem de aprender dos erros que cometeram outros.

Não sabemos muito bem o que devemos fazer, mas temos muito claro o que não devemos fazer, sentenciou.

Interrogado sobre as ameaças que recaem sobre a região provenientes dos Estados Unidos, considerou que um setor reacionário desse país sempre promoverá essas medidas.

Precisamos, afirmou, de uns Estados Unidos bem mais democráticos e que respeitem as diferenças.

Aludiu igualmente a instituições regionais como a Organização de Estados Americanos (OEA) ou a Comissão Interamericana dos Direitos Humanos.

Deveríamos tentar criar novas instituições mais coerentes com nossas realidades, comentou o mandatário uruguaio

Fonte: site Prensa Latina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.