Pages

Subscribe:

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Irã suspeita que Israel está por trás de bombas em Bangkok.

Bangkok- O embaixador do Irã na Tailândia, Majid Bizmark, apontou Israel como o principal suspeito das explosões que causaram nesta capital cinco feridos, comunicaram hoje meios noticiosos.

  Em declarações ao influente jornal "The Nation", Bizmark insistiu em que o Irã condenou o incidente e assegurou que o "regime sionista" desenvolve uma campanha de desinformação global para prejudicar o Governo de Teerã.

 Várias explosões causaram cinco feridos e danos materiais na última terça-feira, em um bairro de Bangkok, segundo boletins policiais que atribuíram a ação a um cidadão estrangeiro residente aqui.


 Essas informações assinalaram que Saeib Murabi, de origem iraniana, lançou duas granadas contra um táxi quando o motorista suspeitou de suas intenções e se negou a transportá-lo.

 Bizmark afirmou que "todos estes incidentes e situações foram preparados e dirigidos por elementos do regime sionista. Começaram esta onda enviando notícias fabricadas por todo o mundo, eles são os suspeitos principais".

 O diplomata de Teerã em Bangkok pôs em dúvida também que os supostos terroristas, dos quais três estão presos e outros dois são procurados, sejam iranianos como afirmam as autoridades tailandesas.

 "Desconhecemos quem são, poderiam ser qualquer um", indicou o embaixador iraniano ao jornal tailandês de circulação nacional.

 Antes, o chefe da polícia da Tailândia, general Wichean Potephosree, tinha assegurado que as explosões ocorridas no centro desta capital se vinculam às tensões internacionais.

 Wichean, secretário geral do Conselho Nacional de Segurança, disse à imprensa que o episódio que aconteceu foi provocado pelas atuais tensões internacionais da política mundial.

 O militar de alta patente tailandês detalhou que o tipo de explosivos indicam que "estavam dirigidos a indivíduos e sua capacidade de destruição não era suficiente para multidões ou grandes edifícios".


fonte:  Prensa latina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.