Pages

Subscribe:

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Por iniciativa de Ivan Valente, Câmara vai debater transgênicos resistentes a agrotóxicos

O deputado Ivan Valente, líder do PSOL na Câmara, propôs a realização de audiência pública para debater a possibilidade de liberação de transgênicos resistentes a agrotóxico feito a partir do agente laranja. O debate foi aprovado por unanimidade na Comissão de Meio Ambiente da Câmara.

“Esta substância, o agente laranja, achei que estivesse banida, mas não. A saúde pública, a segurança alimentar e o meio ambiente estão diretamente ligados ao uso desta substância na produção de alimentos”, afirmou Ivan Valente. A liberação de transgênicos resistentes a agrotóxico está sob análise da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio).

De acordo com o deputado, o agente laranja é uma mistura de dois herbicidas e foi utilizado pelo exército dos Estados Unidos durante a Guerra do Vietnã. A substância, borrifada por aviões, foi usada como desfolhante – o que permitia aos norte-americanos localizar com facilidade os inimigos. No entanto, além de destruir o habitat natural, o agente laranja provocou graves enfermidades nas pessoas, como malformações congênitas, câncer e síndromes neurológicas.


Para Ivan Valente, a audiência pública é de extrema importância para o futuro do direito fundamental à saúde e do meio ambiente ecologicamente equilibrado no país. O deputado disse ainda que considera a necessidade do uso de defensivos agrícolas para proteger lavoura, mas que sua utilização deve ser feita com muita cautela.

No requerimento, também assinado pelo deputado José Luiz Penna (PV/SP), Ivan Valente solicita a presença de representantes do CTBBio, do Instituto de Defesa do Consumidor, do Ministério Público Federal, entre outros especialistas do meio acadêmico. Deputados da bancada ruralista propuseram que também fossem convidados especialistas que lidam com o uso de agrotóxicos.





Fonte: Liderança do PSOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 2.5 Brasil.